Scroll to top

 

A Incerteza Contemporânea

Há um exagero em tudo que é próprio do país do Tio Sam. O império dos Estados Unidos da América – EUA após sucessivas desastrosas administrações se encontra em declínio. O ciclo da hegemonia dos EUA parece perder fôlego, direção e rumo na sua manutenção como potência de primeiro mundo. A história tem nos revelado as circunstâncias em que os impérios se desfalecem. Assim, foi no passado com o Império Romano, em séculos mais recentes Espanha, Portugal e a Inglaterra e no século passado à União das Repúblicas Socialistas soviéticas – URSS, antiga Rússia.

Mas o mundo vive uma nova era: uma era de incertezas. Nada está sólido para assegurar o futuro. Considerando todo o ufanismo patriótico dos americanos do norte com a eleição e posse do novo presidente dos EUA, assistimos o início da lenta queda da dominação do projeto Ianque. Barack Obama como produto do capitalismo contemporâneo teve no seu discurso a insuficiência para consolidar a nova perspectiva tão anunciada no simbolismo da sua fala na posse presidencial. No dia da posse as bolsas reagiram com pessimismo sinalizando que as medidas anunciadas não fizeram o efeito esperado.

Assim, mergulhado numa crise globalizada que se espraia pelas bolsas e se revela na realidade com a quebra de bancos, endividamentos trilhonários, retração de negócios e privação, redução de salários e desemprego em massa de trabalhadores em todo o mundo. A crise do capitalismo global provocada pela bolha americana será parte do colapso do império americano do norte ou é apenas mais uma crise do ciclo capitalista de realinhamento da produção da riqueza no mundo, diante da agonia de um sistema que promove a injustiça, a desigualdade social e a negação da dignidade do ser humano?

Somente a história para nos permitir afirmar que esta crise também pode ser o revés do capitalismo em que mitifica o poder americano nas suas últimas conseqüências.

Publicações relacionadas

Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *